O que ele faz? Diretor de arte| Me Gusta Publicidade

O que ele faz? Diretor de arte


A série “O que ele faz?” proporciona a você conhecer sobre algum profissional e sua função dentro de uma agência. Como já sabemos no meio publicitário existem diversos talentos especializados em realizar tarefas, elaborar conceitos e ideias, desde o lado criativo até o mais técnico. Pensando nisso, essa série te ajuda a entender melhor os profissionais que trabalham aqui.

Hoje, vai ser a vez de saber sobre a rotina do diretor de arte. A Florencia, o André e o Luis Henrique são alguns dos responsáveis pela direção de arte aqui, e com a ajuda deles vamos dar algumas dicas para quem deseja saber mais sobre a profissão.

Para entender melhor o diretor de arte

Além de usar constantemente fones de ouvido e beber muito café, o diretor de arte, conhecido também pela sigla D.A., produz ideias para os elementos visuais de publicidade e campanhas em todos os tipos de mídia.

Juntamente com o redator, o D.A. é responsável pelo conceito de uma campanha publicitária. Suas diretrizes são encaminhadas ao diretor de criação, responsável por analisar a ideia e coordenar os designers e redatores para que sigam o conceito pensado. É importante ressaltar que o diretor de criação e os designers participam ativamente do processo de criação, propondo mudanças e refinando ideias sempre que necessário.

Como funciona o dia-a-dia de um D.A.?

Em linhas gerais, o diretor de arte desenvolve projetos gráficos, layouts e identidades visuais, seguindo o briefing elaborado pelo atendimento, que tem as especificações para realizar a peça idealizada pelo cliente juntamente com a equipe de criação. Também é tarefa de um D.A. acompanhar a produção da arte final e avaliar se o resultado corresponde à proposta estipulada.

Parte indispensável para ser um diretor de arte/criativo é que você precisa ter um repertório rico e atualizado de referências. O que significa estar ligado na internet, acompanhando notícias, releases musicais, estreias cinematográficas, memes e tendências para poder transformar esta informação em inspiração.

Como tornar-se um diretor de arte?

Florencia cursou Design Digital, André fez Publicidade e Luis Henrique está terminando a faculdade de Design, mas você pode fazer qualquer um dessas faculdades, ou também outras ligadas à área da comunicação, como Marketing e Design Gráfico. Vale lembrar que esse meio envolve muito talento e senso estético nato, e é por isso que a faculdade é parte chave da formação, pois ajuda a lapidar o futuro profissional. Muitos D.A.s começam sua trajetória antes mesmo de entrar no curso, ao entrar em contato com as muitas áreas que giram em torno da fotografia, edição, animação, etc.

A familiaridade com o famoso pacote Adobe (como Photoshop, Illustrator e InDesign) é imprescindível também, já que boa parte das atividades envolve edição de imagens e diagramação de conteúdo. Boas noções de produção gráfica, branding, fotografia, arte, tipografia e usabilidade são requisitos fundamentais para o diretor de arte no momento da criação de peças publicitárias.

Quais as dicas para ser um bom D.A.?

Seja versátil. Pesquise muito, observe tendências e procure referências. Busque o aprimoramento por meio do manejo dos softwares, cursos e tutoriais. Através do diálogo, apresente com clareza e defenda cada ideia para que o cliente entenda o conceito dentro da estratégia de comunicação. O desenvolvimento de uma campanha publicitária exige que o profissional faça uma boa análise da linguagem comercial e econômica de cada negócio para que a comunicação com o consumidor seja coerente. E por fim, permita-se experimentar, errar, fazer novamente. O importante é trabalhar com criatividade para elaborar as melhores opções para o cliente.

Quer saber mais sobre o universo das agências?

Fique ligado no nosso blog e em nossas redes sociais.

Interessa-se pelo nosso trabalho?

Entre em contato com a Me Gusta! 😀