Planejamento de Marketing Digital Plataformas

Como fazer planejamento de marketing digital em 7 passos


Muito se fala sobre Marketing Digital nos dias de hoje. O desenvolvimento de novas plataformas, dispositivos e mídias sociais mudou a maneira das marcas se comunicarem e se relacionarem com os seus públicos.

 

A necessidade de estar presente no meio digital de forma consistente é crescente e as empresas estão abrindo mais espaços nas suas verbas de comunicação para o marketing digital. Porém, muita gente (empresas são feitas de pessoas) ainda têm erroneamente a mentalidade de que estratégia de Marketing Digital consiste apenas em postar webcards bonitinhos nas redes socias. É bastante comum encontrar empresários empolgados com o potencial das mídias sociais e, em seguida, desapontados com suas fanpages que recebem somente 2 ou 3 likes (só dos próprios funcionários) em cada postagem e não funcionam (nem de longe) como uma plataforma capaz de alavancar resultados mercadológicos.

 

É preciso esclarecer que o Marketing Digital vai muito além disso. É uma poderosa ferramenta, mas deve ser utilizada de maneira integrada, com objetivos, planejamento, escolha das mídias certas para cada negócio e com uma boa execução do plano.

 

Muitas empresas ainda estão desatendidas neste mercado pela falta de profissionais qualificados e de agências que realmente consigam entregar resultados consistentes e integrados. Portanto, fique esperto na hora de escolher um parceiro para suas estratégias digitais. Existem muitas promessas no mercado, porém há poucos que oferecem uma metodologia para o desenvolvimento de bons planos. Procure alguém com expertise, que tenha capacidade para desenvolver o Planejamento de Marketing Digital ideal para sua empresa, integrando com a comunicação off-line.

 

Se você é um empreendedor/empresário, funcionário de uma agência, do setor de marketing de uma empresa ou estudante de comunicação, os 7 passos para o desenvolvimento de um Planejamento de Marketing Digital vão te dar uma boa ajuda na hora de colocar a mão na massa.

 


Confira também: 7 hábitos das pessoas emocionalmente inteligentes

7 plataformas free para análise de métricas em redes sociais


1. Pesquisa

Se informe sobre o mercado e o segmento, procure notícias e artigos a respeito. Descubra quem é o seu público-alvo. Levante os hábitos de consumo dos usuários, pesquise no Google, blogs, fóruns e redes sociais. Faça uma pesquisa de palavras-chaves com a Ferramenta de Palavras-chaves do Google. Descubra o que as pessoas falam da marca, como estão os concorrentes no meio digital e quais ferramentas eles utilizam, quais dão resultados e quais não dão.

 

2. Planejamento

Agora que você conhece seus públicos, o comportamento dos usuários, já sabe sobre palavras-chave e pesquisou bastante; é hora de planejar.

Comece a projetar suas estratégias. Crie um documento para organizar essas informações de forma que você possa acessá-las com facilidade, acrescentar informações e fazer comparativos. Uma boa dica aqui é o aplicativo Evernote.

 

3. Produção

Comece a colocar o seu planejamento em prática. Faça um escopo do site que você vai desenvolver. Defina a missão crítica e o conteúdo do site, faça um layout e desenhe o wireframe e a estrutura do menu, desenvolva as estratégias de otimização de SEO. Defina um cronograma de ações, execute-o passo-a-passo tentando manter-se no plano.

 

4. Publicação

É hora de colocar seus conteúdos online. Um site sem conteúdo, não tem funcionalidade nenhuma. Em resumo, você precisa colocar no seu site o seu conteúdo institucional, seu conteúdo de vendas e toda a informação que você planejou anteriormente.

Além disso, há uma série de conteúdos fora do seu site que são uma parte valiosa da estratégia. Crie um blog com artigos relevantes, publique conteúdo em sites como: Flickr, Slideshare, Youtube, Google Maps e outros. Lembrando que esses conteúdos precisam ser altamente relevantes para os seus públicos. Essa estratégia bem realizada vai ajudar bastante a levar o público até o seu site e também vai dar um força para o Google encontrá-lo nas buscas orgânicas.

 

5. Promoção

Invista. Faça campanhas de links patrocinados no Google e em outros sites e blogs que tenham ligação com seu negócio e seus públicos. A dica aqui é não visar apenas a divulgação da marca e sim tentar criar campanhas que possam ser propagadas pelos consumidores. Viralizar uma campanha não é tarefa fácil, mas se você conseguir terá ótimos resultados.

 

6. Propagação

Propague seus conteúdos por meios das mídias sociais. Facebook, Twitter, Instagram (entre outros) são poderosos aliados devido ao grande número de pessoas nessas plataformas e do alto grau de atividade do consumidor. O brasileiro ama redes sociais, é o povo que gasta mais tempo de navegação na internet em redes como Facebook, Youtube e Twitter.

Este passo se mistura um pouco com o passo anterior e você deve tratar com bastante carinho suas estratégias de propagação. Não esqueça de postar conteúdos relevantes para os públicos. As pessoas só compartilham aquilo que elas curtem de verdade.

 

7. Análise de Métricas

Aquilo que não pode ser medido, não pode ser mensurado. Quando se desenvolve um novo site é indispensável instalar o código do Google Analytics para que você possa ter acesso a todos os dados de visitas do seu site. Com o Google Analytics implantado você poderá visualizar em números e gráficos diversas informações sobre os visitantes do seu site. Isso será extremamente importante para você avaliar cada um dos seus esforços na rede.

As mídias sociais também oferecem ferramentas de estatísticas. Algumas delas disponibilizam as informações dentro da própria plataforma e para outras você precisa de aplicativos externos para fazer as análises.

O certo é que é extremamente importante você constantemente analisar os resultados das suas atividades online. Tudo pode ser medido e é daí que você terá dados e insights para as próximas ações.


Confira também: 7 hábitos das pessoas emocionalmente inteligentes

7 plataformas free para análise de métricas em redes sociais